Resoluções de 2013

Em 2012 assumi de vez o desejo de tornar-me escritor e firmei o compromisso pessoal de me dedicar a isso seriamente. Dando continuidade à jornada, os objetivos para este novo ano são mais ambiciosos. Como antes, materializo e torno públicas as minhas resoluções para 2013, o ano da profissionalização.

Audácia em 6 resoluções

  • Estudar técnicas de estrutura literária     

    A boa escrita exige mais do que familiaridade com as palavras, assim como um livro não se sustenta apenas sobre uma ideia criativa. É preciso conhecer os instrumentos utilizados para compartilhar histórias: modos de narração, criação de personagens, desenvolvimento de cenas, entre outros aspectos.

    Aprender por conta própria é possível – a Internet disponibiliza inúmeros recursos para isso –, mas há quem defenda que o ideal é ser instruído, desafiado e avaliado por profissionais experientes, cujos currículos listem trabalhos publicados e reconhecidos. No meu caso, optarei por ambos: além de continuar usufruindo das dicas de sites como Ficção em Tópicos, Writer’s Digest e Vida de Escritor, participarei de uma oficina de escrita criativa.

  • Fazer um curso sobre mercado editorial     

    Engana-se quem pensa que o trabalho do autor termina com o ponto final. Há ainda um caminho longo e repleto de pedras a percorrer, mas a viagem pode ser mais agradável para os que sabem o que esperar dela.

    Modalidades de publicação, direitos autorais, acordos contratuais; estes e muitos outros são conhecimentos fundamentais para quem pretende iniciar uma carreira de escritor. O curso mais completo e acessível que encontrei até o momento é prestado on-line por Thalita Rebouças, escritora renomada com mais de 11 anos de experiência.

  • Acompanhar as narrativas digitais e o mercado de e-books

    Dois temas que têm atraído meu interesse nos últimos anos. O primeiro diz respeito às novas maneiras de contar histórias, criando experiências mais interativas – há projetos interessantíssimos nesta área, alguns da autoria de brasileiros. O segundo tem se destacado com a chegada da Amazon ao país, e, naturalmente, pretensos escritores como eu devem estar sintonizados.

  • Participar de eventos literários

    O ofício de escritor é solitário por natureza, mas é importante não se tornar um ermitão. Cercar-se de tudo relacionado à literatura não só permite estar atento às tendências como também possibilita contato (e aprendizado) com escritores em diversos estágios da carreira e, mais importante, com leitores.

  • Escrever um livro    

    A participação no NaNoWriMo demonstrou que, com a medida certa de estímulo, preparação e dedicação, produzir uma obra não é o pesadelo que eu imaginava. O objetivo é pôr logo em prática a experiência adquirida nos estudos citados acima. Ideias não me faltam, mas devo optar por uma de duas que há algum tempo me imploram para serem escritas.

    Comecei determinando períodos exclusivos para isso, livres de preocupação com trabalho e outras responsabilidades; durante eles ficarei inacessível para a maioria das pessoas, a exemplo do que fiz em novembro passado, quando escrevi oito contos, totalizando mais de 50 mil palavras. Maiores detalhes sobre o livro não serão compartilhados tão cedo, porém, tenciono manter um diário de produção que divulgarei posteriormente por aqui.

    Quem mais se atreve a escrever um livro em 2013?

  • Buscar pareceres profissionais de textos autorais     

    Tenho trabalhos inacabados que pretendo finalizar e disponibilizar para a avaliação de um profissional antes de publicá-los – o que também vale para meu primeiro livro, assim que a primeira versão estiver finalizada. Espero que este retorno, somado à participação em oficina criativa, contribua para meu amadurecimento como escritor.

Ainda sob o capuz

Aí estão minhas resoluções para 2013. Algumas são atrevidas, admito, mas há pouco valor na conquista sem um pouco de ousadia. Obviamente, também pretendo escrever bastante nesse ano, afinal, isso é o que faz um escritor. Mas, com exceção dos artigos do blog e uma ou outra historieta despretensiosa, a minha produção ainda não deverá ser disponibilizada aos leitores.

Tal decisão é tremendamente angustiante, pois o desejo de ser lido (e reconhecido, é claro) é maior que tudo. Conter a ansiedade de divulgar trabalhos que ainda não estão completamente finalizados não será fácil – de fato, este será um dos grandes desafios do ano –, mas creio que é preciso por ora.

E vocês, aprendizes, o que planejam para este novo ano?

Para saber mais:

  1. 25 resoluções de escritor para 2013 (e além): tendo dificuldades em elaborar suas resoluções de ano novo? Dê uma olhada nas listadas neste interessante artigo; algumas delas podem se aplicar a você (em inglês).
  2. O problema das resoluções de ano novo: artigo do Jornal do Empreendedor. Recomendo a leitura.
  3. Mercado editorial para escritores iniciantes: os bastidores de tudo o que você precisa saber para publicar e divulgar o seu livro. Curso ministrado on-line pela escritora Thalita Rebouças.
  4. Ficção em Tópicos: Diego Schutt compartilhar dicas valiosas sobre desenvolvimento de ideias, estrutura, estilo, criação e  muito mais. O site mais completo sobre a arte de escrever.
  5. Vida de Escritor: site do escritor e parceiro Alexandre Lobão, repleto de dicas sobre escrita e mercado. Também publica os artigos da série 7 coisas que aprendi.
  6. Writer’s Digest: disponibiliza dicas, livros, arquivos digitais,  propostas de escrita, e um vasto acervo de recursos para escritores (em inglês).
  7. Amazon.com.br: versão nacional da maior varejista on-line do mundo. Atualmente, só o Kindle e seus livros estão disponíveis para compra.
  8. Resoluções de Escritor: post de 2012 onde discorro sobre o valor de assumir resoluções publicamente.
  9. Resoluções Revistas – Balanço de 2012: post onde revejo as resoluções que foram ou não cumpridas.

Continue a escrever aqui.

5 respostas para Resoluções de 2013

  1. […] Resoluções de 2013: onde discorro sobre minhas pretensões para o ano. […]

  2. Ada May disse:

    Estou gostando de ver! Acho que agora vai sai um livro desse capuz!

    Tenho uma boa notícia pra ti: vou montar uma editora virtual e estou procurando por novos autores… Estou de olho em você! Ada May.

    P.S.: Prometo enviar meu texto em breve!

    • T.K. Pereira disse:

      Opa! É bom saber que meus textos estão agradando.🙂
      Estou no aguardo de sua contribuição para a série “7 coisas que aprendi”.

      Abraços e muito obrigado (mesmo),

  3. Diego Schutt disse:

    Você parece estar bem organizado para alcançar o seu objetivo de se tornar um escritor profissional.

    Muita sorte, disciplina e sucesso para 2013!

    Fico feliz em saber que o Ficção em Tópicos faz parte da sua lista de referências.

    sds
    Diego

    • T.K. Pereira disse:

      Obrigado pelos votos, Diego.🙂

      Sem dúvida seu site é uma das melhores fontes em português para aprendizes de escritores como eu.

      Abraço,